TJ Grant: Seguindo em frente com os pés no chão

"Mas não gosto de comentar muito sobre o que fiz no passado, ganhando ou perdendo. Sempre estou ansioso pelo próximo desafio e acho que ainda não descobri todo meu potencial." - TJ Grant
TJ Grant, peso leve do UFC
Seria fácil para TJ Grant tirar os pés do chão e começar a acreditar no que é dito pela imprensa. Quem poderia culpá-lo? Desde que desceu para a divisão dos leves em 2011, ele venceu quatro lutas consecutivas, pegou um bônus de Luta da Noite e, recebendo o reconhecimento que merecia no mundo do MMA, esta a uma vitória de lutar pelo cinturão quando enfrentar Gray Maynard, no UFC 160, neste sábado.    
    
Apesar de alguns breves sorrisos sobre onde ele esteve e onde está, a preocupação de Grant é para onde está indo.    
    
"Quando ganho, fico feliz com isso, desfruto por uns dias, e então sigo em frente", disse ele. "Às vezes é bom olhar para trás e ver o que você conseguiu e com quem lutou. Agora vejo que meu trabalho duro valeu a pena. Mas não gosto de comentar muito sobre o que fiz no passado, ganhando ou perdendo. Sempre estou ansioso pelo próximo desafio e acho que ainda não descobri todo meu potencial. Qualquer artista marcial diz que já descobriu, eles realmente não precisam estar treinando tanto. Mas. pessoalmente, estou sempre tentando aprender, sempre tentando melhorar e ser humilde."    
    
"Humilde" seria provavelmente a melhor palavra para descrever o atleta de 29 anos de Cole Harbour, Nova Escócia. Ele não faz muito barulho, não desafia ninguém e nem se mete em provocações, ele simplesmente sai e faz o seu trabalho e, no processo, faz isso melhor do que a maioria. Isso deveria ser o suficiente para torná-lo um astro, mas Grant é na dele quando se trata de suas interações com a mídia ou os fãs. Consequentemente, ele vai demorar um pouco mais para chegar na mesma posição de alguns, mas ele não vai mudar quem é.    
    
"Essa tem sido a minha visão desde o princípio", disse ele. "Não forçar ser quem não sou. Sempre tentei permanecer fiel a quem sou e como gosto de fazer as coisas e como as conduzo. Não tem nada de errado em fazer da maneira que eles querem, mas estou feliz que o UFC reconhece que tenho feito bem o meu trabalho, estou ansioso para ir lá e fazer o melhor que posso e espero ganhar a chance pelo título."    
    
Essa é a parte difícil, especialmente contra o duas vezes desafiante ao título Gray Maynard que esteve perto de destronar o então campeão Frankie Edgar em duas batalhas épicas. Agora, com uma vitória sobre Clay Guida em junho passado, Maynard está de volta e mais faminto do que nunca para obter uma terceira chance pelo cinturão, agora com Benson Henderson.    
    
"Você conhece o potencial dele, você se planeja para isso e ele ainda faz isso em um nível extremamente alto", disse Grant de Maynard. "Ele é muito bom e está adicionando coisas ao seu jogo. E, embora ele não tenha muitas lutas, basicamente todas as suas lutas foram no UFC, então ele é um cara muito experiente. Estou animado para o desafio. Acho que tenho ferramentas diferentes, por isso estou ansioso para chegar lá e vou lutar minha luta. Farei o que for preciso, meu objetivo no final é fazer com que a minha mão seja levantada."    
  
Após treinar por quase metade de sua vida, ele chegou ao ponto em que uma luta dos sonhos será possível se ele tiver sua mão levantada mais uma vez. Assim, de acordo com a sua personalidade, você realmente espera que ele olhe para qualquer coisa que não seja esta luta?    
    
"Honestamente, é a mesma resposta clichê", ele ri quando o assunto é Bem Henderson. "Não falo a respeito porque é o que devo dizer, é apenas a verdade. Eu não falarei sobre nada além de Gray Maynard. Benson é só depois dessa, tenho um trabalho difícil pela frente e vou colocar tudo o que tenho para isso, curtir por um ou dois dias se eu conseguir os resultados que desejo, e então olhar para Benson Henderson."    
    
Bem, pode haver algumas outras questões entre isso, relacionadas a sua filhinha Casey que acaba de chegar.    
    
"Minha noiva tem cuidado das mamadeiras tarde da noite e da troca de fraldas, e sou grato por isso, mas estou certo que em 26 de maio será a minha vez de assumir."    
    
Isso é certo.    


Quarta-feira, Abril 16
16:15
BRT
Quebec City, Canada

Media

Recente
Chegou a hora de conhecer os vencedores da edição 2014. Tem ainda a primeira luta de Junior Cigano no Brasil. Ele encara o norte-americano Stipe Miocic. Ingressos a venda a partir do dia 16 de Abril.
15/04/2014
Fique por dentro dos treinos e das vidas dos seis lutadores principais nesta edição do "Road to the Octagon": Werdum vs. Browne.
08/04/2014
Jake Ellenberger entrou na luta contra Nate Marquardt com sete vitórias em oito lutas. Veja se Jake 'The Juggernaut' conseguiu dar continuidade em duelo no UFC 158.
11/04/2014
Técnicos do Ultimate Fighter Nations, Patrick Cote e Kyle Noke subiram na balança, e a guerra de palavras entre os rivais Michael Bisping e Tim Kennedy aqueceu.
15/04/2014