Dez Melhores - Os novatos do Ano de 2011

Ebersole? Weidman? Hettes? Ferguson? Quem foi o novato do ano no UFC?
2011 Unofficial UFC Newcomer of the Year Chris WeidmanNo últimos anos, os pretendentes tops, caras como Jon Jones, Junior "Cigano" dos Santos, Cain Velasquez, e Phil Davis, dispararam para o sucesso, logo que ganharam a sua chance de brilhar no maior palco do esporte – o Octógono do UFC. Será esse o caso para os novatos do UFC em 2011? Mal podemos esperar para descobrir.

10 - Costa Philippou
Um ex-boxeador profissional, 32 anos, Costa Philippou ganhou uma sólida reputação na cena MMA da costa leste, mas depois de perder na 11ª temporada do The Ultimate Fighter e perder após uma chamada de última hora na estréia no UFC para Nick Catone, muitos questionaram se ele era cotado para as grandes ligas. Mas na segunda metade do ano, a  Nova Iorquino derrotou o veterano Jorge Rivera exibindo seu jogo de chão, e então ele trouxe seu arsenal para o UFC 140 contra Jared Hamman, nocauteando seu adversário no primeiro round. Agora Philippou é um lutador na divisão dos médios, e este ano ele terá sua chance de ir de perspectiva para competidor.

9 - Walel Watson
Pequeno demais para jogar futebol americano na faculdade, Walel Watson foi encontrando seu lugar no MMA, e depois de montar um histórico sólido na Califórnia e no México, ele foi levado ao UFC em outubro, para ver se poderia ficar com os melhores pesos galo no esporte. Até agora ele  impressionantemente deu cabo de Joseph Sandoval em 77 segundos em sua estréia no Octógono, e depois foi de igual para igual com o veterano Yves Jabouin em uma luta em dezembro que  "The Gazelle" perdeu por decisisão dividida, mas ganhou muitos fãs no processo. Veja as duas lutas aqui

8 - Che Mills
Ao invés de ir atrás do título do TUF9, Che Mills perdeu para o então vencedor James Wilks e foi enviado de volta à cena do MMA britânico. Destemido, Mills tem um rastro sólido de vitórias e ganhou um convite para o Octógono do UFC 138 em novembro. E enquanto  levou anos para chegar a este ponto, ele só precisou de 40 segundos para causar uma boa impressão quando  nocauteou Chris Cope. Agora ele irá a Montreal em uma luta no UFC 145 contra a Rory MacDonald, e se Mills ganhar de novo seu caminho para o topo pode ser mais curto do que o dos outros. Veja Mills com Chris Cope. Veja o duelo de Mills com Chris Cope

7 - Dave Herman
A melhor linha de 2011 pode ter vindo do peso pesado Dave Herman, que escreveu em sua bio que ele só começou com MMA dois anos atrás. Isso foi depois de ter um cartel de 15-1. Mas a derrota para Choi Mu Bae em 2009 forçou Herman a perseguir seu potencial e em sua estréia no UFC em junho, ele mostrou exatamente o que ele traz para a mesa quando venceu uma luta emocionante e faturou prêmio de Luta da Noite contra John Olav Einemo-, no segundo round. Agora vamos ver o que ele pode fazer em 2012.

6 - Mike Easton
Uma  jornada de  10 anos finalmente colocou o peso galo de Washington DC no UFC, depois de um início lento, "The Hulk" despontou na frente dos fãs de sua cidade natal no Octógono, com a faixa preta de Lloyd Irvin,exibindo sua ótima trocação que parou  Byron Bloodworth no segundo round. Na divisão até 61 quilos, Easton tem uma presença carismática que faz você querer vê-lo trocando socos com os melhores da divisão, e é provável que ele tenha a  chance neste ano. Assista a luta de Easton com Byron Bloodworth. Veja a luta de easton diante de Byron Bloodworth

5 - Diego Brandao / John Dodson
É justo que os vencedores da temporada 14 do The Ultimate Fighter  (e companheiros de equipe Jackson MMA) compartilhem a quinta posição, dada a sua amizade e espetaculares estréias vitoriosas em 3 de dezembro. Naquela noite, Brandão voltou da derrota quase certa para finalizar Dennis Bermudez, e Dodson levou menos de dois minutos para nocautear o favorito TJ Dillashaw, ganhando contratos com o UFC. Isso significa que vamos ficar ainda mais empolgados com estes dois destaques, nos próximos 12 meses e além.  Assista ao TUF Finale 14. Assista o TUF 14 Finale

4 - Jimy Hettes
Jimy Hettes estreiou no UFC em agosto (uma vitória por finalização sobre Alex Caceres) que passou quase despercebida. Mas sua luta segunda luta no Octógono com Nam Phan no card principal do UFC 141 com certeza não, quando o mundo  recebeu uma dose de um dos prospetos da divisão peso pena, de forma espetacular. Indo para a decisão pela primeira vez em sua carreira, o craque invicto nas finalizações mostrou um jogo completo de MMA, simplesmente desmontando o veterano, de forma que nunca tinha sido vista naquela noite em Las Vegas. Veja a finalização de Hettes sobre Alex Cáceres. Veja a finalização de Hettes sobre Alex Caceres

3 - Tony Ferguson
O vencedor da 13ª temporada do The Ultimate Fighter, Tony Ferguson ganhou a sua coroa, não deixando dúvidas aos olhos dos fãs de luta, nocauteando Ramsey Nijem no primeiro round. Em seguida desceu de categoria e teve vitórias sobre dois dos veteranos mais respeitados do esporte, Aaron Riley e Yves Edwards. É o tipo de old-school que prova que educação é um bom presságio para o futuro do "El Cucuy", enquanto ele está provando que não tem medo de ganhar seu sustento no Octógono.  Assista Ferguson contra Aaron Riley. Assista Ferguson contra Aaron Riley

2 - Brian Ebersole

É um pouco estranho chamar um veterano de 65 lutas profissionais de novato, mas Brian Ebersole era novo para os fãs do UFC, quando ele fez sua estréia na organização em fevereiro contra Chris Lytle. Mas depois do UFC 127, seu estilo pouco ortodóxo, mas empolgante, deixando uma permanente impressão e após 15 minutos, ele marcou uma vitória sobre "Lights Out" e até ganhou o bônus de "Luta da Noite". Mais duas vitórias seguidas em sucessão, um TKO de Dennis Hallman e uma vitória por decisão apertada sobre Claude Patrick, e surpreendentemente, aos 31 anos, o nativo dos EUA e residente na Austrália pode estar apenas começando na sua melhor hora, tornando o futuro interessante para o homem com o cabelo no peito mais criativo do MMA.

1 - Chris Weidman
De Long Island, New York - Chris Weidman foi selado com o " Next Big Thing"  a partir do momento que ele se tornou profissional em 2009, mas até mesmo seus mais ferrenhos defensores tiveram que se preocupar  quando ele aceitou uma luta no UFC contra o veterano Alessio Sakara com somente duas semanas de antecedência (e com costelas machucadas) em março. Mas Weidman, provou que as grandes expectativas eram justificadas quando emplacou uma vitória por decisão clara sobre "Legionarius" em Louisville. Em seguida foi um confronto em junho, contra Jesse Bongfeldt, aonde mostrou sua primeira finalização contra o canadense com seis segundos restantes no primeiro round. Mas a maior impressão deixada pelo invicto Weidman  veio em novembro, quando ele colocou o também wrestler Tom Lawlor  para dormir com um triângulo de mão em pouco mais de dois minutos. Se você tinha dúvidas sobre o segundo membro da equipe de Serra-Longo, elas provavelmente foram respondidas nessa noite. Veja por que Weidman ganha o topo da lista assistindo suas lutas no UFC.TV

Menção Honrosa - John Cholish, Stanislav Nedkov, Stipe Miocic, Edwin Figueroa, Erick Silva, Robbie Peralta, Darren Uyenoyama, Lance Benoist, John Maguire, Johnny Bedford, Hatsu Hioki, Vagner Rocha

Sábado, Abril 26
11PM
BRST
Baltimore, MD

Media

Recente
Naquele que muitos consideraram o maior duelo meio-pesado ​​de todos os tempos, Jon Jones conseguiu levar a melhor sobre Alexander Gustafsson em 3 dos 5 rounds e manter seu cinturão de campeão. Veja os bastidores e a histórica luta por ângulos inéditos.
22/04/2014
Watch the ticket on-sale press conference for UFC 174: Johnson vs. Bagautinov, live Tuesday, April 22nd at 6pm BRT.
21/04/2014
Max Holloway voltaba vencer após derrotas seguidas ao liquidar o gigante peso pena Will Chope. Holloway volta a luta no UFC 172 contra Andre Fili (Team Alpha Male) no sábado, dia 26 de abril.
18/04/2014
Jon Jones aplica uma perfeita cotovelada rodada em Stephan Bonnar que fez matchmaker Joe Silva pular da cadeira nesta edição da técnica da semana.
21/04/2014