Ronda Rousey: Aperfeiçoando o que parece perfeito

"Estou preparada para a melhor versão de Miesha Tate que possa ser imaginada, e não existe maneira de ela estar preparada para mim do jeito que estou agora." - Ronda Rousey
A campeã peso galo - Ronda RouseyTem sido um 2013 interessante para Ronda Rousey. A queridinha de todos com o começou bem o ano graças a introdução do MMA feminino no UFC, mas a campeã peso galo levou alguns golpes enquanto era treinadora do The Ultimate Fighter 18 por causa da animosidade com a mulher que ela enfrentará na luta co-principal de sábado a noite no UFC 168, Miesha Tate.

"Eu saí da mídia propositalmente para eles sentirem minha falta", ela ri. "Muitas pessoas não sentiram falta de Ric Flair até ele se aposentar, e me sinto assim as vezes."

Ronda está certa, e se ela tem que bancar a durona indo para sua revanche com Miesha, por ela tudo bem, mas ela diz que toda a animosidade entre as duas não precisava ter acontecido.

"Quando ela veio pro programa, eu apertei a mão dela quando a vi e fui respeitosa, mas quando começou a fazer brincadeiras e ser irônica com minha equipe e insultando meus amigos, me dei conta que ela é uma pessoa ruim e nunca mais apertarei a mão dela. Algumas pessoas chamam isso de má desportista, eu digo que  isso é ser consistente."

Defendendo um título, fazendo dois filmes (“The Expendables 3” and “Fast & Furious 7”), e sendo uma das figuras mais procuradas do esporte é só o começo. O que vem depois, Presidente Rousey?

"Eu não sei", ela ri. "Eu não faço ideia. Estou improvisando. Eu gosto de lutar. Faço por sentimento."
Apesar da agenda louca, Ronda não perdeu de vista o trabalho, e mesmo sem lutar desde fevereiro, para ela está tudo bem.

"Sinto que tudo aconteceu na hora perfeita", ela disse sobre o ano. "A primeira luta (com Liz Carmouche) senti que não devia ter ido tão rápido. O period de edição do TUF e então ser exibido, me deu tempo para oportunidades de filmes que estavam chegando. E quando terminei isto, eu estava mais do que pronta para começar meu camp. Estava revigorada depois do TUF  e pronta para lutar de novo. Acho que a melhor situação é estar louca para lutar de novo ao invés de estar em uma situação em que você já esteve antes."

Então como ela ficou em forma nestes nove meses?

"Eu meio que fiz um camp artificial enquanto estava no TUF", ela disse. "Fazia muito sparring com a galera e cortei peso, e imitei o que meu corpo faria para uma luta de verdade. E houve muitos estresse mental. E também com o filme, todos os dias eu estava em uma situação de pressão, onde muitas pessoas estavam me assistindo e mantive aquele 'olhar focado sob estresse' em cima de mim um hábito, e isso foi útil de uma forma."

E agora é hora de encarar Miesha, que foi finalizada em março de 2012 por Ronda para conquistar o título peso galo do Strikeforce. Algumas pessoas dizem que Ronda lutou a luta perfeita na primeira vez, então como ela superará isto? Ela discorda.

"Não foi perfeita", disse a campeã. "Algumas coisas não foram perfeitas na primeira luta. Acho que a luta com Sarah Kaufman em agosto de 2012 foi perfeita. Eu mirei naquilo. Eu miro por lutas em que nem as pessoas que mais me odeiam podem criticar, e estou mirando nisto para esta luta. Sempre tento não ter nenhum momento desperdiçado. Fiz um ótimo camp, nunca me senti melhor nem mais afiada. Nunca estive em melhor forma na minha vida e já estive em duas olimpíadas, então isto diz muito. Estou preparada para a melhor versão de Miesha Tate que possa ser imaginada, e não existe maneira de ela estar preparada para mim do jeito que estou agora."

Media

Recente
Watch the official weigh-in for UFC Fight Night: Werdum vs. Browne, live Friday, April 18th at 5pm BRT.
14/04/2014
Pesagem do UFC Fight Night Werdum x Browne no Amway Center em 18 de abril, 2014 em Orlando, Florida. (Foto de Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)
18/04/2014
Watch the UFC Fight Club Q&A with former UFC lightweight champion Frankie Edgar.
18/04/2014
Confira o camp de treinos de Edson Barboza enquanto ele se prepara para o Fight Night Orlando. Barboza, dono de um dos maiores nocautes da história do UFC, afia seu wrestling com o ex-campeão Frankie Edgar e seu Jiu-jitsu com o ex-UFC, Ricardo Cachorrão.
18/04/2014