Rich Franklin salva o UFC mais uma vez

UFC superstar Rich Franklin
Esta noite em Belo Horizonte, o ex-campeão meio pesado pode ouvir uma arena cheia de vaias enquanto entra no Octógono para enfrentar o ícone brasileiro Wanderlei Silva na luta principal do UFC 147. Mas “Ace” se mantém forte ao apontar que, se acontecer, não será a primeira vez.

“Inicialmente, não havia muita promoção para lutas aqui em Ohio, então de vez em quando eu tinha que viajar de um lugar para o outro para lutar com qualquer um só para ter experiência. E toda vez que você viaja, você tipicamente está lutando com o herói local. Então em toda a primeira parte da minha carreira profissional, eu nunca fui o favorito. Já faz um tempo, mas pelo menos é um sentimento com o qual já estou familiarizado.”

A questão é, os fãs estando com ele ou contra ele, Franklin terá que enfrentar Wand quando fecharem as portas da jaula, e quando você está enfrentando alguém com o apelido de “O Machado Assassino,” a possibilidade de ser uma noite difícil sempre existe.
 “Ele é um jogador”, diz Franklin sobre Silva. “Ele sempre vem preparado e tem muito coração. Então um cara como Wanderlei nunca é uma luta fácil. A última luta foi de 15 minutos, por decisão e levou o prêmio de Luta da Noite, e mentalmente, já estou colocando na minha cabeça, ‘esta não é uma luta que vai produzir um nocaute no primeiro round.’ Nós provavelmente vamos ficar rodando, e esta luta está marcada para 5 rounds, o que pode acontecer, de ir os 5 rounds ao invés de somente 3. Você tem que mentalizar isso, e saber que você vai ser castigado desse jeito nunca é legal.” 
Se alguém é familiar para Franklin, este é Wand, porém, apesar de já ter passado 15 minutos no Octógono com ele, três anos é um longo tempo nesse esporte, e ninguém sabe disto melhor que o ex professor de matemática que ainda vê as coisas como equações a serem resolvidas.
 “Quase toda vez que você luta, você leva essa abordagem junto”, ele explica. “Se você está lutando contra um wrestler, por exemplo, quando lutei com Matt Hamill, ele tem um enigma que você está tentando resolver, e então você segue em frente e pega um cara como Wand. Ele é um tipo diferente de enigma, então tenho essa mentalidade toda vez que me preparo para lutar. O coração do Wanderlei vai continuar sempre desse jeito luta após luta, mas ele pode aprender alguns truques aqui e ali, então em qualquer luta, eles podem impor uma nova ameaça ou se tornarem um novo enigma para você resolver.” 
Faz sentido, mas uma vez que os punhos começam a voar, Wanderlei simplesmente se não tornará o Wanderlei novamente? Franklin ri, sabendo que isto é verdade, mas ainda mantendo em sua cabeça que se ele não mantiver suas opções em aberto, ele não está se colocando na melhor posição para vencer.
 “Você sempre se volta para aquilo que faz melhor, mas nesse processo, você não sabe se ele aprendeu algum truque novo aqui ou ali”, disse Franklin, o homem que salvou o dia mais uma vez. Então porque você vaiaria um cara desses?



Sábado, Abril 26
11PM
BRST
Baltimore, MD

Media

Recente
Naquele que muitos consideraram o maior duelo meio-pesado ​​de todos os tempos, Jon Jones conseguiu levar a melhor sobre Alexander Gustafsson em 3 dos 5 rounds e manter seu cinturão de campeão. Veja os bastidores e a histórica luta por ângulos inéditos.
22/04/2014
Watch the ticket on-sale press conference for UFC 174: Johnson vs. Bagautinov, live Tuesday, April 22nd at 6pm BRT.
21/04/2014
Max Holloway voltaba vencer após derrotas seguidas ao liquidar o gigante peso pena Will Chope. Holloway volta a luta no UFC 172 contra Andre Fili (Team Alpha Male) no sábado, dia 26 de abril.
18/04/2014
Jon Jones aplica uma perfeita cotovelada rodada em Stephan Bonnar que fez matchmaker Joe Silva pular da cadeira nesta edição da técnica da semana.
21/04/2014