Lyoto: Focado em Henderson, não no futuro

"Embora ele seja um oponente duro, um cara que nunca foi nocauteado, eu tenho o que é preciso para nocautea-lo." - Lyoto Machida
UFC light heavyweight Lyoto Machida
Lyoto Machida, o ex-campeão dos meio-pesados do UFC está a um dia de enfrentar Dan Henderson, o único homem a deter dois cinturões em duas categorias simultaneamente em uma grande organização, e o primeiro a manter um lugar no Hall da Fama se houvesse título para isto. É uma luta perigosa, que Lyoto vem se preparando diligentemente  com seu time,  treinadores e parceiros de treino nas instalações da Black House em Los Angeles.  
  
"Dan Henderson é um grande campeão; ele fez muito pelo esporte, e tem grande importância, então é difícil falar sobre o que vem depois antes desta luta acontecer", Lyoto diz. "É difícil dizer, a luta nem aconteceu ainda".  
  
No sábado à noite, os dois destaques dos meio-pesados entrarão na jaula juntos na co-luta principal do UFC 157, um emparelhamento que aconteceu como resultado de um ano caótico no ranking dos 93 kgs.  
   
No começo de agosto, Lyoto nocauteou Ryan Bader, levando Dana White a anunciar o ex-campeão como desafiante n.1, o homem que enfrentaria o vencedor da luta entre Dan Henderson e o campeão Jon Jones.  
  
Uma lesão no joelho, uma decisão de recusar uma luta com pouca antecedência contra um homem perigoso, um evento cancelado, e seis meses depois, aqui estamos, na véspera do que deveria ter sido uma magnífica partida física de xadrez entre dois talentos, e estamos fixados no que vem em seguida, levando Lyoto a um refrão familiar.  
  
"Eu respeito muito Dan Henderson, e é uma luta muito dura. Não tem porque ficar falando sobre o que vem depois antes de lutar com ele."  
  
Felizmente, Lyoto estava um pouco mais aberto em sua disposição para discutir o que seu oponente irá trazer para a jaula no sábado a noite, e como sairá vitorioso da co-luta principal. Claro, "um pouco mais aberto" para alguém tradicionalmente reservado com seus pensamentos aos 34 anos de idade, o brasileiro lhe dá somente 3% de uma resposta se a mesma fosse perguntada à Chael Patrick Sonnen.  
  
"Acho que Henderson é um lutador duro", Lyoto começou sobre seu oponente no Countdown do UFC para este evento. "Ele é um cara com quadris fortes, mas não usa muito seu wrestling. Seu jogo no chão é bem defensivo. Ele tem uma boa trocação e boas quedas. Ele consegue sair de situações ruins. Espero que ele venha bem preparado, e os fãs podem esperar uma luta entre dois caras que realmente querem dar o próximo passo em suas carreiras. Embora ele seja um oponente duro, um cara que nunca foi nocauteado, eu tenho o que é preciso para nocautea-lo."  
  
Este combate tem implicações óbvias ao título, com Henderson e Lyoto como nº 1 e nº 2 respectivamente na última edição do ranking do UFC.  

No começo do mês, o ex-campeão compartilhou que acredita que o vencedor desta luta será o próximo desafiante ao título.  
  
"Não quero falar muito disto, não estou preocupado com isto", Lyoto respondeu, fechando a porta para perguntas sobre o futuro, finalizando com um refrão familiar. "É difícil falar sobre isso antes da luta acontecer."  
Sábado, Abril 26
11PM
BRST
Baltimore, MD

Media

Recente
Os brasileiros campeões do UFC
UFC 172 Jones x Glover: a luta do ano!
Jon Jones e Glover Teixeira promete ser uma das lutas mais emocionantes do UFC. Atual campeão dos meios-pesados Jones tem uma sequência de 10 vitórias seguidas. Já o brasileiro não perde desde 2005. Quem vence essa batalha?
Naquele que muitos consideraram o maior duelo meio-pesado ​​de todos os tempos, Jon Jones conseguiu levar a melhor sobre Alexander Gustafsson em 3 dos 5 rounds e manter seu cinturão de campeão. Veja os bastidores e a histórica luta por ângulos inéditos.
22/04/2014