Demetrious passeia e mantém o título de moscas

Primeira brasileira no UFC, Jéssica Andrade acaba batida contra Liz Carmouche
JULHO 27 - A noite de UFC em Seattle, neste sábado, era importante para a torcida brasileira. A luta principal valia o cinturão peso mosca, entre Demetrious "Mighty Mouse" Johnson e "Chicano" John Moraga. Mas era grande a expectativa em Jéssica “Bate Estaca” Andrade, a primeira tupiniquim em ação na organização, contra Liz Carmouche. Enquanto Johnson, o Mighty Mouse, deu show e manteve o seu título, as coisas não foram tão bem para Jéssica. Mas valeu, sobretudo, a garra demonstrada no Octógono montado na Key Arena, em Seattle, nos EUA.

Liz Carmouche vinha de derrota na estreia pelo UFC, quando acabou finalizada na disputa de cinturão contra Ronda Rousey. Disposta a voltar a figurar entre as pretendentes ao cinturão, a Liz x Jessicaamericana partiu com tudo e conseguiu derrubar Jéssica. A brasileira respondeu com uma bela queda, que suspendeu a oponente. Nas sequência, apertou Carmouche numa justa guilhotina por alguns minutos, até o final do round. Na segunda parcial, Liz não deu brechas. Quedou Jessica, passou a guarda e montou. Daí em diante, despejou socos e cotoveladas, enquanto variava da pegada de costas para a montada. Jessica aturou o castigo, foi guerreira, mas não consegui reagir. Só restou ao árbitro Herb Dean separar, aos 3mi57s do segundo round.

Depois de tomar o cinturão de Joseph Benavidez no UFC 152 e frear a tentativa de John Dodson, em janeiro, Demetrious Johnson tinha pela frente, na principal luta da noite, o embalado John Moraga. O desafiante vinha numa série de sete triunfos, dois deles já pelo UFC, mas o Mighty Mouse foi superior em todos os rounds, com uma noção de distância perfeita, que resultou em praticamente 100% de êxito nas tentativas de queda. No chão, o campeão também demonstrou um jiu-jitsu afiado, O campeão levando o braco do desafiantecom boas passagens de guarda, ataques com a americana de braço e, por fim, o armlock da guarda justíssimo, que garantiu a vitória por finalização, aos 3min43s do quinto assalto. Moraga apresentou seu arsenal em raros momentos, como quando acertou um duro soco no quarto round. A verdade é que Demetrious dominou completamente o desafiante para se manter no topo da categoria.

Rory MacDonald x Jake "The Juggernaut" Ellenberger, um dos combates mais aguardados da noite, foi decepcionante. Nos três rounds, os lutadores pouco se tocaram. Pequena vantagem para o canadense MacDonald, que, com maior envergadura, conseguia golpear à distância. Dessa forma, assegurou a decisão unânime a seu favor e segue com futuro promissor no peso meio-médio, agora com cinco vitórias seguidas. 

Quem segue impressionando no UFC é o veterano "Ruthless" Robbie Lawler. Depois do nocaute em Josh Koscheck no UFC 157, agora foi a vez de Bobby Voelker beijar a lona. Um petardo de perna esquerda, aos 24s do segundo round, acabaram com as chances de Voelker.

No card preliminar, o ex-Strikeforce Jorge "Gamebreed" Masvidal mostrou que está no páreo entre osLawler descarregando seu arsenal pesos leves, tendo acabado com a invencibilidade do campeão do TUF 15, Michael Chiesa. Numa das melhores lutas da noite, cheia de reviravoltas, Masvidal encaixou o estrangulamento triângulo de braço no final do segundo round. Chiesa tentou suportar, mas acabou batendo quando faltava apenas um segundo para o final da etapa. Desconsolado ao ver a série de nove vitórias interrompida, o lutador saiu do Octógono antes mesmo do anúncio do resultado.

Em outra luta aguardada nas preliminares, entre dois veteranos, melhor para o “The Young Assassin” Melvin Guillard, que nocauteou o campeão do TUF 5, Mac Danzig.
 

Confira todos os resultados:

CARD PRINCIPAL
Demetrious Johnson finalizou John Moraga com um armlock aos 3min43s do R5
Rory MacDonald venceu Jake Ellenberger por decisão unânime
Robbie Lawler venceu Bobby Voleker por KO aos 24s do R2
Liz Carmouche venceu Jessica Andrade por TKO aos 3min57s do R2

CARD PRELIMINAR
Jorge Masvidal finalizou Michael Chiesa com um triângulo de braço aos4min59s do R2
Danny Castillo venceu Tim Means por decisão unânime
Melvin Guillard venceu Mac Danzig por KO aos 2min47s do R2
Daron Cruickshank venceu Yves Edwards por decisão dividida
Ed Herman venceu Trevor Smith por decisão dividida
Germaine de Randamie venceu Julie Kedzie por decisão dividida
Justin Salas venceu Aaron Riley por decisão dividida   
Yaotzin Meza finalizou John Albert com um mata-leão aos 2min49s do R2
Sábado, Abril 26
11PM
BRST
Baltimore, MD

Media

Recente
Naquele que muitos consideraram o maior duelo meio-pesado ​​de todos os tempos, Jon Jones conseguiu levar a melhor sobre Alexander Gustafsson em 3 dos 5 rounds e manter seu cinturão de campeão. Veja os bastidores e a histórica luta por ângulos inéditos.
22/04/2014
Watch the ticket on-sale press conference for UFC 174: Johnson vs. Bagautinov, live Tuesday, April 22nd at 6pm BRT.
21/04/2014
Max Holloway voltaba vencer após derrotas seguidas ao liquidar o gigante peso pena Will Chope. Holloway volta a luta no UFC 172 contra Andre Fili (Team Alpha Male) no sábado, dia 26 de abril.
18/04/2014
Jon Jones aplica uma perfeita cotovelada rodada em Stephan Bonnar que fez matchmaker Joe Silva pular da cadeira nesta edição da técnica da semana.
21/04/2014